Em um comparativo de dezembro de 2018 com dezembro ">
Comércio varejista ampliado maranhense encerra 2018 com avanço de 6,1% sobre 2017
Publicado em 20/02/2019

Em um comparativo de dezembro de 2018 com dezembro de 2017, houve avanço de 2,6%, com o comércio varejista ampliado maranhense fechando o ano de 2018 com avanço de 6,1% sobre o ano de 2017, de acordo com dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC). É o que aponta a Nota de Comércio Varejista divulgada pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC) divulgada nesta quarta-feira (20), referente aos meses de novembro e dezembro de 2018.

A análise completa da Nota encontra-se disponível no site do Imesc, pelo link: http://imesc.ma.gov.br/portal/Post/view/20/277.

Também de acordo com a nota, a Intenção de Consumo das Famílias (ICF), que mede o nível de confiança das famílias em São Luís, alcançou 113,4 pontos em janeiro, atingindo seu maior nível desde julho de 2015, quando marcou 108,6 pontos. O indicador avançou 8,4 pontos percentuais na variação mensal, indicando que os consumidores da capital maranhense estão otimistas em relação a sua perspectiva de consumo futura.

A melhora do otimismo se dá em face de uma inflação de 3,75% no acumulado do ano, apresentando para dezembro, o menor patamar desde a implantação do plano real em 1994 e do aumento de contratações na economia local.

Além disso, foram 591 novos postos de trabalho apenas na aglomeração urbana de São Luís, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) no mês de novembro de 2018.

Nota de Comércio Varejista

A nota de Comércio Varejista é um dos produtos do Boletim de Conjuntura Econômica, que analisa o comportamento do comércio varejista por meio dos dados da PMC, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e das pesquisas de Endividamento e Inadimplência e Intenção de Consumo das Famílias Ludovicenses, ambas realizadas pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio/MA).