Imesc e Seap assinam convênio para desenvolvimento de políticas públicas para o Sistema Penitenciário do Maranhão
Publicado em 23/11/2018
Foi assinado nesta sexta-feira (23), o termo de cooperação técnica entre o Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc) e a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). O convênio visa o desenvolvimento de pesquisas e metodologias direcionadas a otimização do planejamento e ao desenvolvimento de políticas públicas interligadas ao sistema penitenciário do Maranhão.
 
O Imesc irá coordenar e executar as atividades do convênio, disponibilizando o acesso a base de dados social, econômica e ambiental do Maranhão para a Secretaria de Administração Penitenciária. Além de elaborar e apresentar relatórios parciais semestrais e fornecer capacitações aos técnicos da Seap.
 
Trata-se de mais uma etapa para desenvolvimento do Sistema de Informação do Maranhão (Siema), coordenado pelo Imesc. O Siema organiza uma base unificada de informações estratégicas para análise de dados, séries temporais, painéis de dados, indicadores sociais, modelos estatísticos e econométricos, registros administrativos, sendo que grande parte destes georreferenciados, com o objetivo de institucionalizar a produção e disponibilização das informações governamentais e qualificar a tomada de decisão de agentes públicos.
 
O presidente do Imesc, Felipe de Holanda, fala da importância do convênio para o sistema de planejamento do Estado. “Esse é um passo importantíssimo na construção do Sistema Estadual de Informações, assim como um grande avanço na participação do Imesc nas políticas de segurança do Estado. Vamos compartilhar com técnicos da Seap, que serão treinados pelo Imesc, o conhecimento para a utilização do conjunto de informações existentes no Siema, que é necessário para o aprimoramento da gestão penitenciária”, aponta o presidente.
 
“Ficamos muito contentes com a mobilização da equipe do secretário Murilo Andrade, que tem uma percepção altamente qualificada da importância do planejamento e da informação estatística para o aprimoramento das políticas públicas”, ressalta Felipe.
 
A Seap, coordenada pelo secretário de Administração Penitenciária, Murilo Andrade, irá disponibilizar ao Imesc acesso à plataforma própria de dados produzidos, possibilitando o levantamento e manejo de informações relativas ao sistema penitenciário do Maranhão, exceto dados de sigilo de caráter de segurança. E também sistematizar as informações trabalhadas pelo Imesc em proposição de políticas públicas fundamentadas.