Biblioteca Ignácio Rangel implanta o Sistema SophiA que visa ampliar o alcance dos usuários
Publicado em 19/06/2018

Com o novo sistema de gestão do acervo bibliográfico, a Biblioteca Ignácio Rangel, centro de documentação do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), busca maior transparência e facilidade no acesso para estudantes, pesquisadores e profissionais que procuram dados e informações na biblioteca.

O Sistema SophiA permitirá que os usuários façam buscas com diversos critérios, como autor, número, ano, título, entre outros, a fim de tornar a precisão das buscas mais fácil para os usuários ao possibilitar a coerência na descrição dos conteúdos buscados.

Hoje, o acervo online conta com mais de mil arquivos catalogados, indexados e disponíveis para consulta no sistema. Recentemente, cerca de 400 obras, incluindo livros e periódicos, foram restauradas do Arquivo de Central, o acervo é composto por obras do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais (IPES), Instituto de Pesquisas Econômico-Sociais e Informática (IPEI), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre outros.

A parceria entre a Biblioteca Ignácio Rangel e o SophiA foi iniciada com a migração dos dados para o sistema. Dyana Pereira, bibliotecária responsável pelo centro de documentação do Imesc, afirma que o processo ocorreu com sucesso. “O sistema é um avanço no processo de catalogação e indexação do acervo, com isso vamos conseguir otimizar mais tempo. A interface [do sistema] é bem simples, a busca é mais rápida, o sistema de renovação também é automático. Para os usuários, o que melhora é o acesso ao acervo, tanto pelo computador quanto pelo celular, pois o sistema tem a versão mobile, pelo aplicativo”, explica Dyana.

Outro ponto importante alcançado com a utilização do SophiA foi a disponibilização do terminal web, que oferece online o acervo ao público em geral. “O sistema ainda permite a visualização de dados estatísticos por meio de gráficos, com a possibilidade de aplicação de filtros; maior segurança, agilidade e confiabilidade na recuperação da informação e no controle da circulação do material bibliográfico”, comenta a bibliotecária.

O processo de reestruturação da Biblioteca foi iniciado com o sistema BibLivre, que é um software gratuito. Com o decorrer do tempo e com o crescimento do acervo da biblioteca, houve a necessidade da mudança do sistema, pois o BibLivre não estava mais suportando a demanda. “Assim, procuramos um sistema com a interface simples, agradável, de fácil recuperação de informações, fácil acesso tanto aos usuários quantos para os administradores, e chegamos ao sistema SophiA”, conta Dyana.

Com o novo sistema, alguns serviços que antes não eram oferecidos, agora os usuários poderão ter acesso, como por exemplo, o catálogo de obras disponíveis de acervo, sem necessidade de ter cadastro, pesquisa da publicação por meio de palavras-chave, renovação de empréstimo pelo sistema, dentre outros.

O sistema SophiA é utilizado por várias outras instituições de pesquisa, como a Biblioteca Nacional, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

Sobre a biblioteca

A Biblioteca Ignácio Rangel é o centro de documentação e pesquisas do Imesc e repositório oficial do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A Biblioteca é aberta ao público, e funciona de segunda a sexta-feira, das 13h00 às 19h00, na sede do Instituto, localizada na Avenida do Vale, Edifício Zircônio (1º andar – Sala 103), Renascença II.