Imesc participa do evento de lançamento de projetos da UEMA
Publicado em 19/01/2018

Nesta sexta-feira (19), a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) realizou o lançamento de três importantes projetos para o Maranhão – e todos eles contam com a parceria do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc). Foram eles: o Estágio Vivência – Labex, o Edital Mais Extensão 2018-2020 e a Revista Práticas em Extensão.

A cerimônia de lançamento, ocorrida no auditório do prédio de Biologia, na UEMA, contou com o reitor da universidade, o Prof. Dr. Gustavo Pereira da Costa, o presidente do Imesc Felipe de Holanda, acompanhado do diretor de Estudos Ambientais e Cartográficos do Imesc, Josiel Ribeiro e do coordenador estadual do Zoneamento Ecológico-Econômico do Estado do Maranhão (ZEE-MA), Luiz Jorge, entre outros convidados.

O estágio vivência, que inicia uma nova etapa em janeiro deste ano, é um modelo de atividade em que os alunos ficam imersos nas comunidades rurais e assentamentos de reforma agrária por duas semanas durante as férias regulares da UEMA. Nesta etapa, foram selecionados mais de 50 alunos, que serão direcionados para oito municípios: Icatu, Matinha, Miranda do Norte, Nina Rodrigues, Paulino Neves, Penalva Santana do Maranhão, São Bernardo e Trizidela do Vale.

O projeto objetiva aprender sobre a lógica do trabalho na pequena produção e, ainda, sobre como vivem e trabalham as famílias que moram na zona rural maranhense. “Para nós do Imesc, foi uma grande honra estarmos envolvidos neste projeto. Com esta parceria, vemos a interiorização da pesquisa e da extensão. É muito interessante que a UEMA tenha abraçado o desafio de contribuir para o desenvolvimento do Estado do Maranhão”, comentou Felipe de Holanda.

O presidente do Imesc pontuou que o estágio, assim como os demais projetos lançados, abrem o espaço para a UEMA traçar e executar estratégias que visem melhorias para todo o Estado. “Por meio do plano Mais IDH (projeto ligado à secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular - Sedihpop), podemos levar professores e alunos para as regiões mais afastadas do Maranhão, ampliando suas competências e a sua sensibilidade para os temas locais”, acrescentou o Presidente.

Outro lançamento foi o do edital Mais Extensão para execução entre 2018 e 2020, com dez bolsas previstas para o Imesc. Ação de Extensão Universitária realizada pela UEMA como parte do Plano Mais IDH do Governo do Estado do Maranhão, o programa permite aos extensionistas e coordenadores uma nova visão de como trabalhar com a criança, proporcionando métodos educativos significativos a serem trabalhados na sociedade.

“Essa inovação que a UEMA traz com o edital faz com que estreitemos mais o laço com a universidade. O Imesc é signatário das políticas de desenvolvimento econômico e social do Estado do Maranhão. Por isso a presença do Imesc é tão importante nesse tipo de estratégia acadêmica e sócio-política”, pontuou Luiz Jorge, coordenador estadual do ZEE-MA.

Já a Revista Práticas em Extensão traz uma perspectiva sobre as atividades desenvolvidas sobre os projetos de extensão, sob o ponto de vista de todos os órgãos envolvidos. “Com estas parcerias com a UEMA, poderemos contribuir para a inclusão social em todo o Estado do Maranhão”, finalizou Josiel Ribeiro.